Título: Ah, naquele tempo... a Hepatite C era silenciosa, mas hoje ela pode querer falar com você. Título: Ah, naquele tempo... a Hepatite C era silenciosa, mas hoje ela pode querer falar com você.

É uma infecção causada pelo vírus da hepatite C, o VHC, que geralmente não apresenta sintomas ou sinais e por isso é considerada silenciosa. Estima-se que cerca de 71 milhões de pessoas estejam vivendo com o VHC em todo o mundo, e que em torno de 400 mil morram todos os anos devido a complicações provocadas pela infecção. Apenas no Brasil, o Ministério da Saúde calcula que perto de 700 mil pacientes precisam de tratamento para que evitem a evolução da hepatite C para um quadro de cirrose hepática e até de câncer no fígado. A boa notícia é que, uma vez diagnosticada, as chances de cura são superiores a 95% para quem segue corretamente o tratamento.

Imagem;

A hepatite C tem cura?

Sim. Atualmente existem tratamentos para hepatite C disponibilizados pelo Ministério da Saúde, de uso oral, com taxa de cura superior a 95%, se seguidos corretamente. Eles são fornecidos gratuitamente pelo governo e têm poucos efeitos colaterais. Converse com seu médico.

Imagem;

Aonde encontro a vacina para hepatite C?

Ainda não há vacina para a hepatite C, mas existe tratamento com altas taxas de cura. Existem vacinas contra as hepatites A e B. Portadores de hepatite C, que não estejam imunizados contra os vírus das hepatites A e B, devem tomar vacina contra essas infecções. Fale com seu médico a respeito.

Imagem;

Quem tem hepatite C precisa fazer biópsia?

Quase nunca. Hoje é possível conhecer o dano no fígado provocado pelo vírus da hepatite C sem a necessidade de biópsia. Isso é possível através de exames rápidos e indolores, como a elastografia hepática, um exame semelhante ao ultrassom, ou por meio de exames de sangue. Após a confirmação da infecção pelo vírus, converse com seu médico, ele é a pessoa certa para indicar o melhor método para avaliar a gravidade de sua infecção hepática.